O Natal, o Açúcar e uma Tarte de Mousse de Chocolate

Nunca tive grandes vícios exceto... os doces. E só me apercebi disso quando, por questões de saúde, fui aconselhada a retirar o açúcar da  minha alimentação. Felizmente não comecei da estaca zero pois já tinha iniciado há algum tempo um processo rumo a um estilo alimentar mais consciente(com uma gradual diminuição do consumo de açúcar ). Mas mesmo assim posso dizer que acabar por completo (e quase de um dia para o outro) com uma relação de tantos anos foi difícil desafiante. O corpo estava habituado... a mente pedia... as emoções surgiam meio descontroladas. As épocas festivas, em especial o Natal, eram as mais difíceis. Não conseguia evitar o ressentimento (e até uma certa raiva das pessoas que comiam o que eu gostava de estar a comer).

Felizmente posso hoje dizer que isso passou... E acho que só o consegui quando apaziguei a minha relação comigo. Essa é mesmo a grande causa do consumo desenfreado de açúcar que vemos nos dias de hoje. Precisamos de curar as nossas emoções e viver em respeito pela nossa natureza. E, para mim, esse respeito passou por cuidar de mim e não me alimentar com o que não me fazia bem.

Este foi o primeiro Natal em que olhei para os doces tradicionais e não senti rigorosamente nada (estou mesmo a ser sincera). E fiquei feliz... Talvez tão feliz como um pássaro que se liberta da gaiola e consegue finalmente voar. Poesias à parte 😃, o grande truque para atingir este equilíbrio é alimentarmo-nos bem e nas quantidades certas (para não estarmos em défice nutricional), deixando espaço para algumas "gordices" de vez em quando, à base de alternativas mais saudáveis.

E é aqui que entra a magnífica tarte crua de mousse de chocolate que inventei para a noite de passagem de ano. Ficou tão boa que não consegui deixar de vos deixar a receita para experimentarem também. Só sobrou uma fatia para a foto...

E se precisarem de ajuda para a vossa descoberta emocional, falem comigo.

Tarte de Mousse de Chocolate
[Sem Açúcar, Sem Leite, Sem Ovos, Sem Glúten, Vegan]

Para a base:
- 1 cháv. de amêndoas
- 1 cháv. de nozes pecan
- 1 cháv. de coco ralado
- 1 cháv. de tâmaras sem caroço
- 2 colh. de sopa de óleo de coco
- 1 colh. de café de baunilha crua em pó

Para o recheio:
- 4 abacates pequenos
- 2 bananas
- 1 cháv. de tâmaras sem caroço
- 2 colh. de sopa de manteiga de caju (ou outra)
- 4 colh. de sopa de cacau em pó
- 2 colh. de sopa de alfarroba me pó

Amêndoas aos palitos para decorar

1. Para a base: colocar num robot de cozinha as amêndoas e as pecan e triturar até obter migalhas finas.
2. Adicionar os restantes ingredientes e voltar a bater até as tâmaras estarem desfeitas e a mistura pegajosa (se necessário juntar mais tâmaras ou um pouco de água).
3. Colocar a mistura numa forma de tarte coberta com papel vegetal e pressionar com os dedos (ou com a parte de trás de uma colher) até estar bem nivelado.
4. Levar ao frigorífico enquanto se prepara o recheio.
5. Para o recheio: colocar os ingredientes no robot de cozinha e triturar até ficar cremoso.
6. Deitar por cima da base, alisar e decorar com as amêndoas.
7. Levar ao frigorífico pelo menos 1h.

Fizeste esta receita? Partilha comigo o resultado!
Coloca @yourhappynewyou ou a tag #yourhappynewyou na foto do instagram!

You may also like...